Sisu 2021: Inscrições e Vagas

Vagas Sisu 2021: Criado pelo Governo Federal no ano de 2009, junto do novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Eventualmente o sistema terá dois novos processos em 2021, oferecendo oportunidades em cada semestre letivo. O Brasil conta com 131 instituições públicas de ensino superior.

Gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), o Sisu começou a operar no ano de 2010, dando início ao processo de extinção dos tradicionais vestibulares de universidades públicas. Hoje, o uso do sistema informatizado é praticamente unânime, alcançando números expressivos de inscritos.

Como serão distribuídas as vagas do Sisu 2021?

Imagem Inscrições do Sisu 2021Tanto no processo seletivo do Sisu 2021 primeiro semestre quanto no do segundo semestre, as vagas serão disponibilizadas a estudantes que participarem do Enem 2020 e conquistarem um aproveitamento superior a zero na prova de redação. Quem se inscrever na seleção do primeiro semestre também terá o direito de participar do processo seletivo da segunda metade do ano.

As vagas do Sisu 2021 serão distribuídas entre todas as instituições de ensino que aderirem ao sistema unificado: universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros federais de educação tecnológica. Semanas antes da abertura do período de inscrições o MEC disponibilizará, para consulta dos interessados, uma lista completa dos cursos e instituições de ensino que irão ofertar vagas.

Como consultar vagas do Sisu 2021?

Para consultar as vagas do Sisu 2021 1º semestre, basta acessar a portal oficial do sistema, no endereço http://sisu.mec.gov.br/, dentro do período oportuno. A pesquisa poderá ser realizada por nome da instituição de ensino, por cidade ou por curso, conforme a necessidade do estudante.

Como vem acontecendo nas últimas edições, a consulta às vagas deverá abrir com uma semana de antecedência ao início do período de inscrição do Sisu 2021, que deve ter início na segunda semana de janeiro. As inscrições serão realizadas exclusivamente via internet, no próprio portal oficial, sem nenhuma cobrança de taxa.

Como devem ser feitas as inscrições do Sisu 2021?

Imagem Resultado do Sisu 2021Para fazer inscrição no Sisu 2021, o estudante deverá informar o número de inscrição e a senha do Enem 2020. Com os dados, o sistema terá acesso ao aproveitamento do candidato tanto na prova de redação, como em cada uma das áreas de conhecimento do Exame: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias.

Ao se inscrever, o participante terá o direito de escolher até dois cursos diferentes, em ordem de preferência. Em cada uma das escolhas, será necessário indicar a modalidade de concorrência à vaga. O Sisu disponibiliza, além da ampla concorrência, cotas a estudantes oriundos de escolas públicas. Além disso, determinadas instituições adotam políticas de ações afirmativas, reservando vagas ou atribuindo bônus na nota de candidatos de determinadas raças e/ou com determinada renda familiar bruta mensal. Nestes casos, as situações são discriminadas no ato da inscrição.

Algumas instituições também terão o direito, que será garantido no edital do Sisu 2021, de estabelecerem notas mínimas para determinados cursos, conforme julgar necessário. Assim, em determinados cursos de engenharia, por exemplo, poderão haver exigência de nota superior a 500 pontos na área de Matemática e suas Tecnologias. O mesmo poderá acontecer com medicina, com exigência na área de Ciências Humanas e suas Tecnologias. A cobrança também poderá ser sobre a nota geral no Exame.

Durante todos os dias do período de inscrição, o sistema atualizará as notas de corte do Sisu 2021 e oferecerá ao candidato a chance de mudar de curso quantas vezes achar necessário, facilitando a aprovação e prevalecendo, obviamente, sempre a última escolha.

A organização alerta que não será aceita nenhuma inscrição em outro meio além do site oficial. Também não será permitida nenhuma mudança ou novo registro fora do período de inscrição. Portanto, é importante ler o edital assim que for divulgado pelo MEC, para ficar por dentro de todas as regras e do cronograma do Sisu 2021, para não perder a chance de conseguir uma vaga em um curso de nível superior.

Para ficar por dentro de todas as informações sobre o Sistema de Seleção Unificada, leia outros artigos em nosso site, continue nos visitando e curta a página do Instagram Guia do Enem, onde são compartilhadas todas as novidades!

Tudo sobre o Sisu 2021

Neste artigo vamos falar tudo sobre o Sisu 2021, desde as inscrições até as matrículas. O Sistema de Seleção Unificada é disponibilizado para estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem referente a edição 2020. O sistema concede vagas em instituições federais, contudo, o candidato precisa ter nota superior a zero na redação e decerto ter concluído o ensino médio.

O organizador do Sisu 2021 é o Ministério da Educação, onde disponibiliza um prazo de inscrição de normalmente 4 dias. Todavia, as datas oficiais e exigências serão apresentadas no edital, onde será disponibilizado no Diário Oficial da União – DOU. Eventualmente o edital é divulgado no mês de dezembro, entretanto, o MEC poderá apresentar algumas informações através das redes sociais.

Como fazer as inscrições para o Sisu 2021?

Imagem tudo sobre o Sisu 2021As inscrições para o Sisu 2021 ocorrerá apenas em uma única etapa. Assim sendo, basta acessar o portal do MEC através do http://www.sisu.mec.gov.br e informar o número de inscrição do Enem 2020 e senha.

Certamente ao informar estes dados o Sisu 2021 terá acesso algumas informações como nome completo, CPF – Cadastro de Pessoa Física e nota obtida no exame. Antes de se inscrever o sistema disponibiliza uma lista com as 63 universidades federais. Todavia, as notas de cortes só serão apresentadas no ato da inscrição.

O estudante terá que apresentar duas opções de curso e instituição, sendo em ordem de preferência. Além disso, o candidato deverá optar entre as modalidades de concorrência, tendo como opção:

  • Lei de Cotas: Esta modalidade é a Lei nº12.711, de 29 de agosto de 2012. Conforme o regulamento as instituições deverão separar 50% das vagas para candidatos que estudaram todo o ensino médio em escola de rede pública;
  • Ampla concorrência: Terá como exigência apenas a participação no Enem 2020;
  • Políticas de ação afirmativa: Esta modalidade não aparece em todas as instituições, pois é opcional. Assim, a própria universidade determina o próprio requisito.

No dia seguinte após se cadastrar o MEC disponibiliza uma lista com os pré-selecionados. Todavia, esta lista e a nota de corte do Sisu 2021 são calculadas diariamente, tendo como base o número de inscritos e quantidades de vagas disponíveis naquela modalidade.

Qualquer alteração referente ao curso poderá ser feita durante as inscrições do Sisu 2021. O estudante poderá acessar o boletim do candidato diariamente, basta informar o número de inscrição do Enem e senha.

Resultado e matrícula do Sisu 2021

O resultado do Sisu 2021 deverá ser disponibilizado um dia após o encerramento do prazo. Os selecionados poderão visualizar a lista através do boletim do candidato, nas instituições participantes e na central de atendimento do MEC através do 0800 616161.

Os selecionados terão um prazo para comparecer à instituição para matrícula. Dessa forma, é importante que já separem os documentos pessoais, comprovante de residência e certificado de conclusão do ensino médio. É de responsabilidade do candidato entrar em contato com a universidade para saber o horário de funcionamento, não deixe para última hora.

Para estudantes com a mesma pontuação média, será utilizado como critério de desempate aquele que possuir maior nota nas seguintes áreas:

  • Redação;
  • Linguagens, códigos e suas tecnologias;
  • Matemática e suas tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas tecnologias.

Algumas instituições utilizam como critério de desempate a maior nota na área referente ao curso. Para os não selecionados não percam as esperanças, pois poderão participar da lista de espera do Sisu 2021, optando em aguardar chamada na primeira ou segunda opção de curso.

Para participar da lista de espera do Sisu 2021 deverá acessar o boletim do candidato e confirmar presença. A mesma será disponibilizada para as instituições para o preenchimento daquelas vagas não ocupadas.

Programas educacionais do MEC

Eventualmente o MEC possui outros programas educacionais que utiliza o Enem como critério de seleção. Contudo, ambos são para instituições privadas. Caso não encontre o seu curso desejado ou não foi selecionado no Sisu 2021, os estudantes poderão optar aos seguintes programas:

  • Prouni: O Programa Universidade para Todos tem como objetivo conceder bolsas de estudos integrais ou parciais em instituições privadas;
  • Fies – Fundo de Financiamento Estudantil: Certamente concede financiamento a estudantes matriculados em instituições privadas.

Eventualmente para participar de ambos programas o estudante precisa ter nota média igual ou superior a 450 pontos além de não zerar a redação.

Enfim, desde já desejamos boa sorte a todos os candidatos do Sisu 2021. Continue nos acompanhando para ficar por dentro de todas as notícias do sistema.